12 julho, 2014

Resenha - O Trem da Minha Vida

Título: O Trem da Minha Vida
Autora: Carminha Morais
Editora: Edição Kindle
Páginas: 62



Mary é uma jovem cheia de sonhos e um deles era ganhar o coração do jovem Kleber e formar uma família feliz. Mas Jorge a amava,e por não conseguir ganhar o seu coração lhe prometeu vingança.

Ultimamente não estou conseguindo ler muito devido a falta de tempo, então as leituras andam atrasadas e as resenhas mais atrasadas ainda. Bem essa é a minha primeira leitura de algo escrito pela Carminha Morais, apesar de estar bem desmotivada com as leituras de e-books de autores que não conheço depois da minha última decepção literária, resolvi arriscar e não me arrependi. O livro deixou um pouco a desejar sim por a história de um pouco obvia demais, o leitor sabe tudo o que vai acontecer ao decorrer da leitura bem antes de acontecer.

No livro conhecemos a história de Mary uma bela jovem que por amor a primeira vista resolve entregar o seu coração ao seu colega de trabalho Kleber. O tempo passar e eles deixam de ser apenas amigos em busca do "para sempre" dos dois e resolvem se casar e constituir uma família. O único problema é que um antigo amigo do casal, que por sinal era apaixonado pela Mary, ainda não conseguiu esquecê-la totalmente mesmo estando prestes a se tornar pai e ainda por cima há a promessa de vingança feita por ele logo após ser rejeitado por ela.

Algum tempo depois algo inesperado e terrível acontece na vida de Mary e Kleber e a pergunta é: "Será que tudo não passou de uma vingança planejada por Jorge?". Mas essa é uma das perguntas mais fáceis de todas as que você se faz ao longo do livro. A leitura é fácil e bem curtinha.

09 julho, 2014

Resenha - Só tenho olhos para você

Título: Só Tenho Olhos para Você
Autora: Bella Andre
Editora: Novo Conceito
Páginas: 256



Sophie Sullivan, uma bibliotecária de São Francisco, tinha cinco anos de idade quando se apaixonou por Jake McCann. Vinte anos depois, estava convencida de que o bad boy ainda a via como a gêmea Sullivan boazinha. Isso quando ele se dava ao trabalho de olhar para ela. Ao se envolver na magia do primeiro casamento dos Sullivan, Sophie sente que já passou da hora de fazer o que quer que seja preciso para que Jake a veja como a mulher que realmente é. No entanto, ela terá dificuldade em mostrar a Jake que pode ser uma mulher forte e decidida, capaz de amá-lo para sempre. E não só porque ela é a inacessível irmã de seus melhores amigos, mas porque ele tem medo de tê-la perto demais. Na verdade, ele desconfia que seu segredo mais vergonhoso poderá ser desvendado.


Um dos pontos que mais me chamou atenção nesse livro é que ele é escrito em terceira pessoa, embora eu não goste muito de livros assim esse simplesmente me conquistou. Nunca havia lido nada da Bella Andre antes, porém já tinha ideia de como eram. A escrita da autora é excelente e cheia de detalhes, estou fascinada com a Andre e bem entusiasmada em conhecer a histórias dos outros Sullivan.

Esse livro conta a história de uma das irmãs Sullivan, a Sophie, uma das gêmeas. Elas são carinhosamente chamadas pela família de Boazinha e Mazinha e adivinha só como a Sophie é chamada? Mas essa "Boazinha" não bem o que aparenta, pelo menos não quando está perto de Jake McCann, o seu grande amor desde sempre, o problema é que seus irmãos não aprovariam nenhum pouco esse relacionamento porque o Jake não é o cara ideal para ela, ele é um verdadeiro cafajeste

Como Jake sempre foi muito próximo à família Sullivan, ela via Sophie como uma irmã, até o dia do casamento de Chase com Chloe, quando finalmente decide que está disposta a fazer com que Jake a note como a mulher que ela é. Maquiada e com um visual bem diferente do que está acostumada a usar, consegue chamar a atenção não só do Jake como da maioria dos homens da festa. Essa mudança serviu não só para fazer com que a notasse, mas também para revelar o que ele também já sentia por ela havia bastante tempo.


"Tudo o que queria era amar e ser amada... e nunca estivera tão longe disso." 
(pág. 149)

O casal protagonista já se conhece há bastante tempo, então esse sentimento já vinha sendo construído, não é mais uma daquelas histórias de amor à primeira vista que nos estamos acostumados a ver nos romances. Sem falar que esse não é uma simples romance, é romance hot, todos os livros da autora seguem essa linha. Não comecei a ler a série pelo primeiro livro, já que isso não é exatamente necessário, mas percebi que a leitura de um único livro da autora já faz com que o leitor queira ler os outros para saber o que acontece cada um dos irmãos, como se apaixonam, como é a vida de cada um. Agora quero conhecer todos.


"Porque ele tinha que ser tão carinhoso? E porque ela tinha que gostar tanto de ser tocada por ele? Tanto." (pág. 138)




06 julho, 2014

Resenha - Deixe a Neve Cair

Título: Deixe a Neve Cair
Autores: John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
Editora: Rocco
Páginas: 335


Na noite de Natal, uma tempestade de neve transforma uma pequena cidade num inusitado refúgio para encontros românticos, do tipo que se vê apenas em filmes. Bem mais ou menos. Porque ficar presa noite à dentro de um trem retido pela nevasca no meio do nada, apostar corrida com os amigos no frio congelando até a lanchonete mais próxima ou lidar sozinha om a tristeza da perda do namorado ideal não seriam momentos considerados românticos para quem espera encontrar o amor verdadeiro. Em Deixe a Neve Cair, bem sucedida parceria entre três autores de grande sucesso entre os jovens, John Green, Lauren Myracle e Maureen Johnson escrevem três hilários e encantadores contos de amor, com direito a surpreendentes armadilhas do destino e beijos de tirar o fôlego. E provam que o amor verdadeiro pode acontecer quando e onde menos se espera.

Amo festas de fim de ano, principalmente o Natal. Assim que comecei essa leitura fiquei super empolgada, mesmo estando um pouco fora de época, isso não é problema, foi como se eu estivesse trazendo um pouco dessa data para o meio do ano. Deixe a Neve Cair reúne três contos de Natal de três autores maravilhosos. Tudo se passar durante a véspera do dia 25 de dezembro no meio de uma nevasca natalina, o mais interessante é que os três contos acabam se cruzando, é como se os três fossem uma história só e estivessem sendo contados sobre o mesmo momento, entretanto por pessoas diferentes.


O primeiro é O Expresso Jubileu, escrito por Maureen Johnson, com a história de Jubileu, uma jovem de apenas 16 anos que em plena véspera de Natal é obrigada a pegar um trem de última hora para ir à casa dos avós, na Florida porque os seus pais se envolveram em um "pequeno" mal entendido e foram parar atrás das grades.

Para completar o seu dia que já não estava indo muito bem, Jubileu ainda fica presa no trem, no meio de uma nevasca, pouco antes de chegar ao seu destino final e ainda por cima sem previsão para chegada. Vale ressaltar também que esse era o dia em que estava completando um ano de namoro, o seu "namorado perfeito", que de perfeito não tinha nada e que só sabia mesmo era enrolar a pobrezinha. 

Mas calma aí, nem tudo está perdido ainda. Ela conhece um rapaz chamado Stuart e agora sim as coisas começam a ficar boas. Ele consegue entrar na vida dela - e no coração também - tão rápido que chega a ser surpreendente e mudar totalmente o seu rumo.


O Milagre da Torcida de Natal, é o conto de John Green, confesso que dos três era o que eu mais esperava. Nós podemos conhecer Tobin, JP e Duke, um trio de amigos que não mede esforços quando se trata de encontrar uma boa diversão. Acho mesmo é que os rapazes estão mais dispostos, a Duke só fica animada quando têm batatas rösti da Waffle House no meio.

Acompanhamos a saga deles a fim de chegar em uma lanchonete antes dos outros grupos de amigos apenas para conhecer e passar a noite conversando com algumas cheerleaders que assim como a Jubileu também estavam no trem que ficou preso por causa da nevasca e resolveram passar o tempo dentro dessa tal lanchonete.

O último conto é O Santo Padroeiro de Porcos, da Lauren Myracle e na minha opinião a melhor das histórias do livro. Addie está deprimida pelo fim do relacionamento com Jeb e em um momento desse episódio nada feliz de sua vida acaba descontando tudo no cabelo e passando por uma mudança radical e ainda precisa lidar com umas boas verdades ditas por suas melhores amigas.

Addie é uma garota bem egoísta e por pensar tanto em si mesma e esquecer dos outros, acaba metendo os pés pelas mãos diversas vezes, porém o importante é que depois de receber a maior bronca de suas amigas conseguiu abrir os olhos e está realmente disposta a mudar isso. E toda esse mudança vai começar com um mini porquinho super fofo - e trabalhoso - que vai ajudá-la a mostrar que pode ser alguém melhor.

Gostei bastante da leitura, mas em alguns momentos senti falta de um algo mais, que encontrei, com toda certeza, no terceiro conto. A autora conseguiu criar uma conexão entre um número incrível de personagens o que apenas deixou a trama bem mais interessante e foi a que mais prendeu a minha atenção.


03 julho, 2014

Resenha - De Repente Acontece

Título: De Repente Acontece
Autora: Susane Colasanti
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288


De repente acontece fala daquelas paixões que começam do jeito errado e têm tudo para terminar errado – mas, depois de ler a última página, a gente acredita que o amor existe. Se você é uma menina, este livro vai ajudá-la a entender o que se passa na cabeça dos garotos. Se é um menino... Bem, se você é um menino, também vai gostar de De repente acontece. Uma história simpática, com cara de vida real. E que poderia acontecer com você ou com a sua melhor amiga!


Mais uma resenha de um livro lido da Maratona Literária! Sou um pouco suspeita para falar quando o assunto é a autora Susane Colasanti, essa já é a minha terceira leitura dela e não há como não esses livros e nem como se apaixonar pelos casais fofinhos que nos deparamos a cada nova leitura. é certo que os romances da autora são sim um pouco bobinhos, mas não é por isso que deixam de ser envolventes além do mais a escrita dela é ótima e bem fácil o que torna a leitura bem leve e rápida, você consegue ler o livro em um dia e nem perceber que o tempo passou. Então não preciso nem falar que amei o livro não é? E que eu amei Sara e Tobey!


"Um garoto, uma garota e a possibilidade de um amor verdadeiro"

Sara e Tobey ainda estão no ensino médio e essa é mais uma daquelas histórias onde o garoto sempre foi apaixonada pela garota e ela nunca deu muita bola para ele por "não fazer o seu tipo". Sara é uma jovem estudiosa, esforçada e cheia de sonhos, super dedicada aos estudos não tira uma só nota baixa para conseguir ser aceita em boa faculdade por suas excelentes notas, já Tobey não está nem aí para as suas notas afinal sempre consegue tirar notas boas sem estudar muito e não pretende usar as suas notas para entrar em faculdade alguma, quer mesmo é ser músico.

Apesar de estudarem na mesma escola os dois não se conhecem muito bem, ou melhor, Sara não o conhece muito bem, porque ao contrário dela, Tobey diz saber de tudo sobre a garota pela qual sempre foi apaixonado e agora está disposto a usar todas as suas armas para conseguir conquistar o coração dela, mas ele tem um obstáculo pela frente, o garota com quem Sara está namorando.

Tobey pede ajuda aos amigos e faz de tudo para conseguir ser notado por Sara e parece que as coisas começam a funcionar quando virá dupla dela em uma das aulas. Esse garoto é mesmo muito sortudo além de conseguir ser notado por ela de quebra ainda conseguiu ganhar o seu coração e Sara fica tão apaixonada que resolve terminar o namoro em busca de algo verdadeiro com ele.

"Sinto-me bem ao lado dela. Nós temos uma ligação!" (pág. 132)

A história é muito fofa e mais fofo ainda é ver tanto os amigos dele quanto as amigas dela ajudando como podem para que eles fiquem juntos e possam viver esse "algo verdadeiro juntos". Apesar de bem previsível a leitura é maravilhosa e não me canso de indicar a autora para quem eu conseguir! 


30 junho, 2014

Resenha - Anjos à Mesa

Título: Anjos à Mesa
Autora: Debbie Macomber
Editora: Novo Conceito
Páginas: 222



Shirley, Goodness e Mercy sabem que o trabalho de um anjo é interminável - especialmente na véspera do Ano-novo. Ao lado de seu novo aprendiz, o anjo Will, elas se preparam para entrar em ação na festa de um de ano da Times Square.  Quando Will identifica dois solitários no meio da multidão, ele decide que a meia-noite será o momento perfeito para dar aquele empurrãozinho divino de que eles precisam para acabar com a solidão. Então, por "acidente", Lucie Ferrara e Aren Fairchild esbarram-se no meio da alegria da festa, mas, assim como se aproximam, acabam se perdendo: um encontro marcado que não acontece os afasta pelo resto da vida. Ou será que não?  Um ano depois, Lucie é a chef de um novo e aclamado restaurante, e Aren é um colunista de sucesso em um grande jornal de Nova York. Durante todo o ano que passou, os dois não se esqueceram daquela noite. Shirley, Goodness, Mercy e Will também não se esqueceram do casal... Para uni-los novamente, os anjos vão usar uma receita antiga e certeira: amor verdadeiro mais uma segunda chance (e uma boa dose de confusão), para criar um inesquecível milagre de Natal.

Essa é mais uma resenha dos livros que li ao longo da Maratona Literária #EuSouDoideira, para ser mais exata a minha terceira leitura dos sete livros que os participantes deveriam ler. Esse livro já estava na minha estante a bastante tempo, fiquei só adiando a leitura e do jeito que estava acho que se não fosse a Maratona seria lido apenas no Natal deste ano que o livro apresenta esse tema e vários outros livros sempre eram colocados como prioridade na minha lista de leitura, deixando-o ainda mais para trás e assim como a maioria dos que eu deixo abandonados da minha estante esse foi mais que me surpreendeu, não achei que fosse gostar tanto, contudo por ser um romance a leitura se tornou ainda mais fácil e rápida.

A história tem início com as interferências de quatro anjos: Shirley, Goodness, Mercy e Will no dia de Ano Novo quando estavam "visitando" a terra para olhar as comemorações, quando resolvem que não basta apenas olhar de cima do prédio e sim caminhar com os humanos, já que assim seria muito mais legal. Mas nenhum deles imaginava que o anjo mais novo, Will, iria causar tamanho alvoroço nas vidas de Aren e Lucie fazendo-os de conhecerem antes do tempo que haviam planejado para eles lá no céu.

Agora que se conheceram pode-se dizer que foi amor à primeira vista, eles passam a virada junto e também ficam juntos até amanhecer, mas se despedem sem que tenham pego o contato um do outro e a partir daí meses se passam sem que mantenham contato, um longe do outro, mas sempre pensando em como seria se conseguissem novamente se encontrar. O que eles não imaginam é que isso irá acontecer da maneira inesperada possível para ambos.

"Lucie não se incomodou em negar. Ela, de fato, pensava em Aren. Por mais que tentasse esquecê-lo, não funcionava." (pág. 56)

Vendo o quanto Lucie e Aren estavam sofrendo separados, Gabriel - um tipo de anjo chefe - dá aos quatro anjos atrapalhados a missão de tentar desfazer toda essa bagunça na vida dos jovens e fazer com que consigam encontrar-se novamente, porém dessa vez do jeito certo e no tempo exato. Entretanto o que eles não imaginavam era como isso seria difícil, ainda mais para aquela equipe que gostava de interferir até demais na vida dos humanos esperança de que as coisas dessem certo quando na verdade só estavam piorando toda a situação. E como em todo bom romance no as coisas começam a dar certo para o casal e o sentimento que brotou lá naquela noite de Ano Novo surgiu novamente para ambos. 

"Embora ela conhecesse Aren há pouco tempo, tinha a impressão de que ele sempre estivera em sua vida. Sem nunca ter experimentado esse tipo de sensação com nenhum homem antes, Lucie não pôde evitar imaginar se conseguiria encontrar um homem a quem amasse com a mesma intensidade que tinha o amor que seus pais um dia compartilharam." (pág. 117)

Simplesmente amei essa leitura, uma história bem leve e que só fez com que despertasse em mim a vontade ler mais livros da autora, que agora quero recomendar para todo mundo! Apesar de ele ser um romance em diversos pontos ele se assemelha muito com um conto, o que não interfere em praticamente nada do livro.





27 junho, 2014

Resenha - A Elite

Título: A Elite
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 354


A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Mas sempre que vê seu ex- namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda, ela sente que é nele que está o seu conforto. Porém, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher.


Não consegui esperar e fui correndo ler A Elite assim que terminei de ler A Seleção, e gostei ainda mais do segundo que do primeiro, a história melhorou, a narrativa melhorou e eu me apaixonei ainda mais pela trilogia. Simplesmente amo tudo isso, como não amar? E agora estou tao curiosa por outras coisas da autora que sairia lendo tudo o que ela publicasse. Mas, voltando para o livro atual, só tenho uma coisa a dizer que não consigo tirar da cabeça "America, minha cara, se deicida e saia de cima do muro loooogo".

Nesse segundo livro America começa a sentir algo por Maxon e agora não quer mais ser apenas amiga dele, será que não é tarde demais?  Não quando o príncipe sempre esteve apaixonado por ela, mas agora a competição está mais acirrada, restam apenas seis garotas lutando pela coroa e agora Maxon pode dar mais atenção para uma delas o que está deixando America bem enciumada por sinal. Agora ela está disposta a lutar pelo amor dele com todas as suas forças, apesar de não precisar se esforçar tanto para chamar a atenção dele que está cada dia mais apaixonado por essa garota que aos olhos dos outros está bem longe de ter os quesitos necessários para assumir a coroa e junto com Maxon ficar a frente de um país. Contudo, America queria ficar com Maxon e não com a coroa, ela não se sentia pronta para ser uma princesa, mas não queria perdê-lo para alguma das outras garotas.

"Tempo. Eu vinha pedindo muito tempo ultimamente. Tinha a esperança de que, se tivesse tempo suficiente, tudo ia se resolver." (pág. 15)

Agora as garotas precisavam passar por algumas "provas" para que o Rei, a Rainha e Maxon pudessem ver como se comportaria cada uma delas se fossem princesas e se conseguiriam dar conta de tudo o que Rainha hoje tinha o dever de fazer. E como já era de se esperar em alguns casos America não foi uma das melhores, não porque ser incapaz e sim por ser teimosa. E para terminar de completar adivinha quem está vivendo agora no palácio? Aspen! Isso mesmo, agora ele é um dos guardas do palácio e voltou para deixar America novamente confusa em relação aos seus sentimentos.

"O amor é um medo belo." (pág. 73)

America está mais confusa do que tudo em relação aos seus sentimento e parece que a cada novo capítulo ela se decide por um dos dois, uma hora ela tem certeza de que é Maxon, outra hora ela tem certeza de que é Aspen e fica nessa duvida de quem é realmente o seu grande amor e de com quem irá se casar. Bem que ela poderia se decidir logo e sair de cima do muro, já estou me irritando com essa personagem, é só ficar com Maxon e pronto rsrs. Estou muito ansiosa para ler A Escolha, acho que se não descobrir esse final logo vou pirar, então aguardem que em breve de sair resenha aqui do último livro dessa trilogia.







26 junho, 2014

Resenha - A Metamorfose

Título: A Metamorfose
Autor: Franz Kafka
Editora: Brasiliense
Páginas: 96


A Metamorfose é a mais célebre novela de Franz Kafka e uma das mais importantes de toda a história da literatura. O texto coloca o leitor diante de um caixeiro-viajante - o famoso Gregor Samsa - transformado em inseto monstruoso. A partir daí, a história é narrada com um realismo inesperado que associa o inverossímil e o senso de humor ao que é trágico, grotesco e cruel na condição humana - tudo no estilo transparente e perfeito desse mestre inconfundível da ficção universal.

Há algum tempo fui informada do inicio de um Clube do Livro no colégio onde estudo, é claro que eu não poderia ficar de fora dessa não é mesmo? Fiquei bastante empolgada com isso e também com a primeira indicação de livro de tivemos, o livro escolhido foi: A Metamorfose, de Franz Kafka e confesso que essa leitura me surpreendeu, de início achei que a leitura não prenderia por ser diferente de qualquer outra coisa que eu já tenha lido, mas para a minha felicidade foi diferente de tudo o que imaginava.

O livro conta a história do jovem Gregor, que certo dia ao acordar descobre que não é mais o mesmo, ele acorda uma outra coisa, um bicho estranho que de início não se dá muito para descrever o seja e para cer sincera cada um que ler o livro apresenta uma sugestão diferente a cerca de no que ele se transformou, porém na minha opinião parece muito com uma barata, essa é a teoria da maioria dos leitores e a que melhor se encaixa para mim, toda a descrição e tudo mais faz parecer mesmo que Gregor tenha se transformado em uma barata.

Após a sua metamorfose as coisas parecem mudar drasticamente na vida do rapaz e de toda a sua família e ele passa a viver trancado dentro de seu quarto, porque nem mesmo seus pais e sua irmã ainda conseguiram se acostumar com a sua nova aparência. Gregor vive rastejando pelo chão e pelas paredes de seu pequeno quarto tentando descobrir qual a melhor maneira de resolver toda aquela situação, mas não consegue pensar qual a melhor solução. O tempo passa e as coisas só pioram na vida dessa família, até porque não é nada fácil viver com um monstro em casa e no final das contas, depois de muito sofrimento, tudo acaba se resolvendo sem a interferência de ninguém.



24 junho, 2014

Resenha - A Seleção

Título: A Seleção
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 361


Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.


Não sei nem por onde começo a falar desse livro! Simplesmente amei toda a história, fiquei fascinada e posso dizer que foi uma das minhas melhores leitura do ano de 2014 e é claro que não só esse livro como toda a trilogia vai entrar no meu TOP 10 - 2014. Logo no início fui meio receosa em relação a leitura desses livros, achei que seriam muito bobinhos, mas logo de cara quando conheci a America e todo o jeito dela pensei "Cara que personagem marrenta é essa" e acho que esse foi um dos principais motivos para eu me apegar a leitura e a partir daí tudo só foi melhorando. 

A história acontecer em um país distópico chamando Ilhéa, bem diferente do que estamos acostumados a conhecer, começando pelo fato de a população estar divida em castas que vai da casta 1 (a realeza)  até a casta 8 (a dos "mendigos"). A vida de America logo de início já não é das mais comuns, ela é da casta 5 e tem um romance secreto com um jovem chamado Aspen da casta 6 e como não podem viver esse amor se encontram na casa da árvore algumas vezes por semana após o toque de recolher, esses jovens arriscam as suas vidas já há dois anos por causa de amor proibido - meu coração é nesse momento que eu me derreto por esses dois e acho toda a história de amor deles linda, mas também é só até aí. 

"Desde o primeiro momento em que o vi, eu o amei." (pág. 90)

Agora subindo um pouco de casta e indo para a realeza, em Ilhéa o príncipe escolhe quem será a sua futura princesa e para isso sempre é feito A Seleção onde inicialmente são escolhidas 35 garotas independente das castas. Essas garotas vão para o palácio onde participam de uma espécie de Reality para a partir daí ser escolhida quem será a futura esposa do príncipe e adivinhem só que está entre essas 35? Quem? America é claro. Mas essa não era bem a sua vontade, ela queria mesmo era se casar com Aspen.

"Talvez eu quisesse coisas idiotas. Ou que não conseguiria alcançar. Mesmo assim, eram coisas minhas." (pág. 11-12)

Quando entra no palácio e dá de cara com todas aquelas garotas animadas a fim de se tornar uma princesa, America percebe mais uma vez que não é isso que quer para a sua vida, e cá para nós ela é bem geniosa e não desiste fácil quando quer algo. Ela se sente presa naquele lugar e sente um turbilhão de emoções a invadindo principalmente no que diz respeito ao príncipe Maxon, que ela mal conhece e já tem repulsa. Com o passar do tempo ela resolve que a melhor opção e se tornar amiga de Maxon já que não se considera uma das competidoras pelas coroa e não está apaixonada por ele.

Será que America vai mudar de ideia em relação ao príncipe e à coroa? Confesso que não torço muito para o Aspen depois de tudo o que ele fez e porque acho que ela daria uma ótima princesa e não há nada que me faça mudar esse pensamento. Estou sonhando com o final dessa trilogia porque quero saber como America vai se decidir e se vou amar o odiar esse final. E aguardem porque em breve será postada a resenha de A Elite.

"Ouvi minha mãe dizer que o primeiro amor permanece para sempre." (pág. 216)

22 junho, 2014

Resenha - O dia que o Sol não nasceu

Título: O dia que o Sol não nasceu
Autora: Bianca Sousa
Editora: Edição Kindle
Páginas: 16


O dia que o Sol não nasceu narra a trajetória do dia mais escuro do planeta Terra pelo ponto de vista de uma menina de 17 anos que tem de escolher entre chorar a perda da mãe (que morreu congelada) durante a madrugada ou viver um pouquinho de vida que ainda lhe resta e realizar um sonho.


Fico feliz em ver que estou conseguindo ler pelo menos contos em e-book, acho que ainda não estou tão familiarizada aponto de conseguir ler algo com muitas páginas em frente a tela ainda, rsrs. Hoje venho falar sobre um conto bem leve e com uma leitura impressionantemente mais rápida que as que estou acostumada e inclusive foi a minha primeira experiência com algo escrito por essa autora, contudo me agradou bastante. 

Nesse conto conhecemos uma jovem de 17 anos que pode ser chamada de Lua e vê a sua vida se transformando totalmente com a "morte" do Sol. Sim é isso mesmo, o sou morre. A partir daí o mundo é posto de cabeça para baixo, pessoas começam a morrer de frio nas ruas e até mesmo em casa e então ela percebe que todos os seus planos e sonhos nunca serão realizados o que é uma injustiça com alguém tão jovem, alguém que ainda tem muito pela frente. Então Lua resolve correr arás de pelo menos um de seus sonhos: encontrar pela primeira pessoalmente o seu namoradinho da internet, o Gabriel e para tal ela precisa contar com a ajuda de sua vizinha fofoqueira D. Vera que está mais que disposta à ajudar essa jovem a realizar um último pedido.

"Quem acredita sempre alcança, quem acredita sempre alcança". (p. 16)

20 junho, 2014

Resenha - Impecáveis (Pretty Little Liars #2)

Título: Impecáveis
Autora: Sara Shepard
Editora: Rocco
Páginas: 324



Spencer roubou o namorado de sua irmã. Aria ficou com o coração partido em relação ao seu professor de Inglês. Emily começou a gostar de sua nova amiga Maya. . . tanto quanto de seu amigo. A obsessão de Hanna pela aparência impecável está lhe fazendo mal. E seu segredos mais terríveis ainda é tão escandaloso que a verdade iria arruina-las para sempre.




As meninas estão de volta e como já era de se imaginar continuam mentirosas e bem encrencadas. E como não podemos esquecer que continuamos com a pergunta que todos querem descobrir: "Quem é 'A' ?", e cá para nós ela não perdoa ninguém e ainda continua infernizando a vida de Spencer, Hanna, Aria e Emily. Coitadas das meninas, como levar uma vida normal se alguém não deixa que você esqueça que sabe de todos os seus piores segredos e que a qualquer momento pode compartilhá-los com o mundo? É assim que as coisas ainda continuam para elas.

"Eu ainda estou aqui, suas vacas. Eu sei de tudo. - A" (pág. 21)

Impecáveis, o segundo livro da série Pretty Little Liars, que têm início em uma noite comum na qual cinco amigas resolvem se reunir para fazer uma espécie de noite do pijama na casa de uma delas, porém o que nenhuma imaginava era que essa noite seria a primeira a ficar marcada em suas vidas, a partir de então teriam que carregar um grande segredo que se viesse a tornar-se publico iria destruir suas vidas, "A coisa com Jenna". Antes sabíamos apenas que Jenna havia ficado cega em um acidente, agora já sabemos como tudo aconteceu e quem realmente é a pessoa responsável por tudo isso. E como geralmente um segredo leva a outro descobrimos também o que Toby fez de tão repugnantemente a ponto de se deixar ser chantageado por Ali com esse segredo - é realmente bem chocante o que aconteceu na casa da árvore dos Cavanaugh, mas confesso que no livro é bem impressionante que na série.   

Muitas coisas aconteceram nas vidas dessas garotas, inclusive uma que causou uma verdadeira reviravolta na vida de muito dos moradores de Rosewood, finalmente o corpo de Ali foi encontrado e para deixar tudo mais intrigante ainda foi no fundo de sua casa, que nesse momento já havia ganhado uma nova moradora, Maya. Ela foi mais uma das novidades, especialmente para Emily que logo ficou próxima dessa nova moradora e digamos que elas construíram uma amizade bem colorida, o que anda causando muitos problemas para Emily. 

Já Hanna aos poucos está perdendo a amizade de sua até então amiga inseparável Mona por que agora já não pode mais compartilhar todos os seus segredinhos com a amiga, mas não para por aí, além disso a pobre Hanna está tendo que lidar com a volta da sua vontade incontrolável de comer tudo que estiver à sua frente e depois vomitar, foi abandonada pelo namorado e ainda andou recebendo a visitinha da polícia em casa por andar "pegando emprestado" o que não é seu, mas parece que sua mãe está conseguindo resolver esse assunto de uma maneira bem eficiente com a polícia.

Aria continua tendo que esconder o seu amor pelo professor de inglês, mas parece que não anda funcionando muito bem quando se tem por perto "A " para te vigiar a cada segundo e se separar o casalzinho do momento era o seu objetivo, até agora foi alcançado com sucesso. Além disso ela está tendo que lidar com problemas familiares, segredos do passado estão voltando a atormentar Aria e sua família depois que voltaram para Rosewood, está tudo de cabeça para baixo agora e é claro que tem mais um dedinho de "A" nessa história.

Spencer por sua vez continua com o mesmo costume feio de roubar os namorados de sua irmã mais velha Melissa, mas parece que dessa vez ela foi descoberta, imagine só ser pega no flagra em um momento assim e ainda mais quando a pessoa a flagrar a cena é a pessoa mais prejudicada em toda a história, mas como a competição entre essas duas não vem de hoje Melissa não deixa isso nada barato e Spencer passa a viver de modo muito estressante dentro de casa, sua família praticamente a ignora. 

Ainda há alguma dúvida de que "A" sabe de tudo e está aos poucos tentando destruir a vida das garotas? Impecáveis veio para esclarecer várias dúvidas deixadas em Maldosas e deixar várias outras grudadas nas nossas cabeças, só tenho a dizer que estou ansiosa pela leitura do próximo livro. E não posso deixar de dizer que apesar de em partes já imaginar o que irá acontecer a cada novo capítulo, estou encantada com os detalhes e apaixonada pela escrita da autora <3 Além de descobrir alguns pontos que se diferem da série de TV.




19 junho, 2014

Resenha - Maldosas (Pretty Little Liars #1)

Título: Maldosas
Autora: Sara Shepard
Editora: Rocco
Páginas: 289



Pretty Little Liars fala sobre a vida de quatro garotas — Spencer, Hanna, Aria e Emily — que acabam se “separando” depois do sumiço de sua líder, Alison. Três anos depois, elas começam a receber mensagens de texto e alguém que está assinando como “A” e ameaça a expor seus segredos — incluindo os mais secretos que elas achavam que somente Alison sabia.

Como começar falando sobre uma série que eu sou apaixonada? Conheci a série de TV antes mesmo de saber da existência dos livros, porém quando tomei conhecimento a primeiro coisa que quis fazer foi comprar. Infelizmente depois que chegou fiquei adiando a leitura por ter vário outros aqui que no momento estavam me chamando mais atenção por ser algo novo e não uma leitura de algo que eu em tese eu já sei.. Contudo como já faz tempo que comecei a assistir a série e estava "de molho" como todos o outros fãs esperando sair a 5ª temporada (uhuuuuuuuul \o/) resolvi iniciar a leitura e mais uma vez me surpreendi, simplesmente amo tudo isso, não há como não amar <3


Tudo começa com a história de cinco amigas e suas experiências do fim do sétimo ano, essas garotas não deixavam de aproveitar nada, tudo se transformava em festa. Eram unidas não só por uma amizade, mas também por um grande segredo que todas guardavam e cada uma tinha uma ligação especial com Ali pelos segredos que compartilhavam apenas com ela.

"E havia um segredo em especial, sobre o qual elas não queriam nem falar a respeito. Ali dizia que eram os segredos que mantinham as cinco unidas como melhores amigas por toda a eternidade. E isso era verdade. Elas seriam amigas para sempre." (pág. 10)

A história toda é tecida ao redor de Alison, tudo tem ligação com ela mesmo que no mínimo detalhes e as suas amigas Hanna, Spencer, Aria e Emily conseguem perceber isso muito bem já que todas eram muitos próxima a Ali e afinal de contas quem não queria ser amiga daquela garota? Tão extrovertida e cheia de si, todas as garotas do colégio achavam que seria um privilégio até mesmo falar com ela, ser sua amiga então era sensacional. O único problema é que Ali sempre trazia problemas para todas e as menina apesar de incomodadas nunca e queixavam com Ali (com exceção de uma, ahh sim a Spencer) por amá-la.

Entretanto o grande "quê" da história é descobrir quem é "A"! Isso te prende de tal forma a leitura que você quer devorar os livro em algumas horas só para tentar aber quem é "A" e porque está fazendo tudo isso, mas tenha calma, ninguém descobre nada assim com tanta facilidade nessa série <3 As meninas também estão loucas para saber quem anda atormentando suas vidas, porém a única pessoas que sabia de todos os segredos e que seria uma ótima suspeita foi dada como morta.

"Será que tem um fantasma me mandando mensagens? Ora, ela sabia que não.De qualquer modo, não saberia explicar o motivo pelo qual o fantasma de Ali faria algo assim. Era como se quisesse vingança, mas será que isso era possível?" (pág. 233)

17 junho, 2014

Leituras de Maio - 2014

Olá pessoal! Tudo bem? Hoje trago as minhas leituras do mês de maio, ao contrario do que eu estava imagina até que consegui ler bastante livros. Imaginei que as minhas leituras iriam cair muito porque ando bem ocupada, mas descobri que se eu organizar o meu tempo do fim de semana consigo fazer certos milagres e devorar alguns livros. Consegui me surpreender com a leitura de 5 livros e 2 e-books ao longo de um mês corrido, porém repleto de leituras maravilhosas.



E-books:


O dia que o sol não nasceu

 Sonho Adolescente

15 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 15)


Último dia de Maratona Literária e posso dizer que a minha meta foi cumpridaaa! Consegui ler o sete livro, confesso que terminei aso quarenta e cinco do segundo tempo - quase meia noite kk - mas o que realmente importa é que consegui terminar. Estou orgulhosa e agora acho que posso enfrentar outras já que me dei bem na primeira apesar de todos os imprevistos e da minha falta de tempo, não podia deixar passar um minuto vago, em cada momento livre eu estava com um livro na mão.

O meu livro 7/7 seria Inacreditáveis da série Pretty Little Liars, contudo a leitura não engatou e se continuasse a leitura acho que não conseguiria finalizar, então resolvi começar a ler Só Tenho Olhos para Você e simplesmente amei esse livro, não poderia ter escolhido livro melhor para fechar a maratona.



14 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 14)


Está acabando!! Depois de ler loucamente em todo tempo que eu encontrasse livre no meu dia consegui finalizar "Deixe a neve cair" e posso dizer que amei a leitura, sem dúvida alguma conseguiu me envolver. E agora vou mergulhar na última leitura e tentar ler mais um livro em um dia, quero ter o prazer de finalizar a minha primeira Maratona e dizer que consegui ler 7 livros em 15 dias porque #EuSouDoideira.

E agora iniciando a leitura 7/7 do livro Inacreditáveis - Pretty Little Liars, embarcar em mais algumas aventura das meninas e de "A".


13 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 13)


Antepenúltimo dia de Maratona Literária e eu precisando correr com as leituras para ver se ainda consigo concluir a meta! Hoje consegui finalizar a minha quinta leitura: "De Repente Acontece", a cada nova leitura de algo escrito pela Susane Colasanti fico mais e mais apaixonada pela escrita e pelas histórias da autora e dos três livros que li esse foi o que mais gostei. Seguindo o embalo aproveitei para dar início a minha leitura 6/7 e então comecei a ler "Deixe a neve cair" e já consegui finalizar o primeiro conto, não sei porque não li esse livro antes é muito bom!

Agora só faltam dois dias e eu preciso ler mais dois livros, será que dá tempo? Minha única opção é ler sem para rsrs e ver o que consigo, simbora ler o próximo conto *-*


12 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 12)


Quando eu penso que vou finalmente conseguir terminar o livro, que cá para nós estou amaaaando, não consigo mais uma vez e dois dias seguidos por excelentes causas, ontem por causa de ACEDE e hoje porque é Dia dos Namorados \oo/ Mas pelo menos consegui iniciar o primeiro capítulo do livro 6/7 mesmo sem terminar o 5/7 só para garantir que vou terminar de lê-lo independente da Maratona, depois que começo não costumo abandonar uma leitura, com exceção de Cinquenta Tons de Cinza que ainda não consegui sair da página 50 e detalhe: eu comprei toda a trilogia e isso mesmo ainda não saí do primeiro. Tenho fé que amanhã eu acabo esse livro 5/7!!

11 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 11)


Décimo primeiro dia e a jovem aqui que queria terminar o livro 5/7 hoje não conseguiu porque para o cinema assistir "A Culpa é das Estrelas", muuuuito amor o filme, mas confesso que chorei mais com o livro do que com o filme. Foi tudo lindo, o filme lindo, a noite com o meu também e valeu a pena ficar mais atrasada ainda na Maratona e agora tenho mais 4 dias pela frente para conseguir finalizar metade de uma livro e mais dois completos uhuul, eu vou conseguir porque #EuSouDoideira!

Estou pensando em inciar os outros dois e ler os 3 ao mesmo tempo quem sabe assim não consigo finalizar logo o que eu gostar mais da leitura? Vou tentar colocar em prática essa ideia meio sem noção a partir de amanhã.

10 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 10)


Mais um dia se passou e o fim da Maratona está cada vez mais próximo \oo/ Uma pena que não posso dizer que consegui avançar na minha atual leitura... Hoje foi dia de prova então atrasou tudo, mas pretendo tirar esse atraso nos últimos dia e vou consegui porque #EuSouDoideiraContinuo na mesma leitura, ainda no livro 5/7 porque não tive como pegar para ler, mas estou bem empolgada com a leitura e com a narrativa da autora que me agrada bastante e quem sabe não consigo finalizar amanhã, ou não kk, a esperança é a última que morre. Então vamos lá que ainda tem cinco dias pela frente e muita coisa pode rolar!




09 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 09)


Olá gente! Tudo bem? Nono dia de Maratona Literária e posso dizer que estou caminhando muito bem, pelo menos na minha opinião, porém se comparado com as outras pessoas que também entraram nessa, aí sim posso dizer que estou meio que "ficando para trás". Entretanto, é a minha primeira experiência com algo do tipo e para a primeira vez está ótimo, mesmo se eu não conseguir cumprir o desafio de ler os sete livros vou sair satisfeita por ter passado da metade da meta.

Ontem à noite iniciei a leitura de De Repente Acontece e hoje ainda continuo com a mesma leitura e admito que não consegui avançar muito não porque amanhã tenho prova e precisei dar uma pausa na leitura e focar no livro que eu tinha que ler para a prova. Espero que a sorte esteja ao meu favor tanto na prova quanto na Maratona rsrs.

08 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 08)


Mais um dia se passa e finalmente dou mais um passo nessa Maratona, hoje posso dizer que meio caminho já foi andado finalmente \oo/ Pensei que iria ler mais, infelizmente não deu. Tirei a tarde toda para dar andamento as resenhas dos livros já lidos durante a Maratona Literária, mas só irei postar quando acabar esses posts do Diário de Maratona. 

Hoje terminei a leitura de Perfeitas, terceiro livro da série Pretty Little Liars, de início a leitura estava meio lenta, porém do meio para fim consegui engatar e terminar rapidinho e consegui terminar o livro com mais dúvidas ainda do que comecei rsrs. E finalizando o dia iniciei a leitura 5/7 do livro De Repente Acontece, acredito que esse irei ler bem rápido por ser de uma autora que eu gosto bastante e os outros dois que li dela finalizei cada um em apenas 1 dia.


07 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 07)


Olaaaá! Sétimo dia de maratona e eu ainda no quarto livro, depois de ler A Metamorfose, voltei a ler Perfeitas e finalizei esse dia ainda com as 20 últimas páginas esperando para serem lidas, o meu dia não foi aproveitado exatamente como imaginei, mas fazer o que não é mesmo? Acho que os meus planos de avançar relativamente nesse fim de semana não está dando muito certo.

Entretanto, quero dividir com vocês a minha felicidade de ter passado uma tarde maravilhosa ao lado de outros fãs da trilogia "A Seleção", foi realmente maravilhoso, me senti super acolhida e contagiada e já estou com gostinho de quero mais. Esse ano tem sido especial demais para mim, estou fascinada com esses encontros que venho participando sempre que posso, conhecer outras pessoas para falar sobre os livro que li e gostei é melhor do que eu imaginava <3 E agora quero ler A Escolha o mais rápido possível!!

06 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 06)


Olá pessoal! Mais um dia se passou e continuo lenta com as leituras.. Porém pretendo "dar um gás" nas leituras nesse fim de semana - e ainda conseguir estudar para uma prova - vou aproveitar para ler no tempo que passarei esperando pelo evento de amanhã sobre A Seleção <3 Sei que estou sonhando um pouco alto, mas pretendo terminar de ler o livro atual e ainda ler mais um livro completo no sábado e no domingo.

Como eu havia informado antes tive que acrescentar um livro a minha lista de leitura que foi A Metamorfose, do autor Franz Kafka, como eu estava um pouco empacada na leitura de Perfeitas, resolvi iniciar essa nova leitura o quanto antes e me senti totalmente envolvida com a história de Gregor, confesso que o livro ser bem fininho também ajudou e muito, porém pensei que devido a escrita ser um pouco diferente da que estou acostumada a leitura fosse fluir de maneira mais lenta, entretanto para a minha felicidade isso não aconteceu e consegui finalizar a minha leitura 3/7.


05 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 05)


Olá pessoal! Tudo bem? Mais um dia se passou e acho que agora estou finalmente voltando acompanhar o ritmo da Maratona Literária, porém tem uma coisa me atrapalhando bastante, a ansiedade haha. Mal termino um livro já estou pensando se vou gosta do outro e se a leitura vai conseguir me prender.

E tenho uma pequena mudança para fazer na minha lista de leituras.. Por causa de um Clube do Livro que participo, preciso ler o livro Metamorfose, por tanto vou colocá-lo como prioridade de leitura na lista e espero que a leitura me prenda por que se tudo der certo a lista da meta aumentará para oito \oo/ Só não sei se vou conseguir essa proeza. Depois de tantos comentários positivos sobre o livro estou esperando muito da leitura e acho que não vou me decepcionar.

Essa é a imagem com uma das capas já publicadas do livro de Kafka, mas a que irei ler é diferente, não consegui encontrar nenhuma parecida na internet para ilustrar aqui.

 

04 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 04)


Olá pessoal! Mais um dia se passou e estou começando a achar que tô ficando para trás nessa Maratona, vejo todos com a leitura fluindo e acho que "empaquei" nessa minha atual leitura ou então é apenas falta de tempo mesmo. Espero não desanimar e conseguir recuperar o tempo perdido, afinal eu ainda tenho chances significativas de conseguir alcançar o meu objetivo. Uhuuu \oo/

Ainda não havia avisado aqui, mas decidi que como ando sem tempo e quero adiantar o mais rápido possível essa leituras, só irei postar as resenhas após a conclusão dos sete livros ou ao fim dos 15 dias e juntamente com as resenhas irei postar a música referente a cada livro, que por sinal ainda nem parei para pensar em nenhuma para os livros que eu já finalizei. Enfim, estou confiante e espero amanhã já poder mostrar uma leitura nova para vocês - se eu conseguir tempo e motivação para concluir a atual kkk.

03 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 03)



Olá pessoal! Tudo bom? Hoje já é o terceiro dia de Maratona e confesso que agora o meu ritmo de leitura deu uma esfriada devido as aulas :/ Pois é, fazer o que não é mesmo? Mas estou muito feliz com o meu desempenho, estou conseguindo bater a meta de páginas a serem lidas diariamente e acho que estou me saindo super bem por ser a primeira vez que participo de algo assim. 

Ontem eu havia postado qual estava sendo a minha leitura atual, sendo esse o segundo livro que eu estava lendo para a Maratona Literária, consegui então terminar o livro Anjos à Mesa hoje pela manhã logo após o horário do almoço já havia engatado a terceira leitura. E a minha leitura 3/7 é o terceiro livro da série que é minha queridinha na TV, porém nos livros ainda estou me acostumando: Pretty Little Liars, sendo o título do meu livro atual Perfeitas. Não preciso nem dizer que estou amando a leitura não é? E cada vez mais a minha curiosidade sobre quem é "A" aumenta, mesmo já tendo assistido a série.



02 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 02)



Olá pessoal!! Segundo dia da Maratona Literária #EuSouDoideira e confesso que estou um pouco preocupada porque não sei se vou conseguir manter um ritmo de leitura estudando em dois turnos, mas vou continuar tentando né porque eu sou doideira haha e sou bem competitiva, até fiquei mais incentivada ainda quando vi o pessoal já no segundo livro ainda no primeiro dia e disse para mim mesma que iria me esforçar ao máximo.

Se quiser saber mais sobre essa maratona é só dá uma olhadinha nesse link abaixo com o post que eu fiz falando mais sobre a Maratona Literária #EuSouDoideira:
Saiba mais sobre a Maratona Literária #EuSouDoideira

Agora venho mostrar Anjos à Mesa, o segundo livro que eu peguei para ler, que inclusive consegui começar a leitura ainda ontem no primeiro dia logo após finalizar A Elite \oo/, até agora não estou muito presa a leitura, mas espero que consiga engatar logo.


01 junho, 2014

Diário da Maratona Literária: #EuSouDoideira (Dia 01)



Olá gente! Para quem não viu ainda, estou participando de uma Maratona Literária e resolvi fazer uma espécie de diário para que vocês possam acompanhar os meus avanços em relação as leituras.. Serão 15 dias no total e a meta é conseguir ler sete livros! Não sei ainda se vou conseguir porque ando muito sem tempo com as aulas e atividades do colégio e do curso, ainda não sei como vou conseguir fazer essa proeza de ler cerca de 147,4 páginas por dia, segundo a minha divisão, se não tenho tempo para praticamente nada durante a semana, mas #EuSouDoideira então não custa nada tentar.

Se quiser saber mais sobre essa maratona é só dá uma olhadinha nesse link abaixo com o post que eu fiz falando mais sobre a Maratona Literária #EuSouDoideira:

O primeiro livro que eu resolvi ler foi A Elite <3 ele já seria a minha próxima leitura antes mesmo de eu pensar em entrar na maratona, mas como havia colocado-o na lista resolvi ler um e-book na frente para iniciar essa leitura apenas hoje, estou muito ansiosa com essa primeira leitura!!